Adido Cultural concede audiência ao artista Dorindo Carvalho

O Adido Cultural da Embaixada de Angola em Portugal, Luandino Carvalho, concedeu audiência ao artista plástico Dorindo Carvalho.

Natural de Lisboa, nasceu em 1937, estudou na Escola de Artes Decorativas António Arroio; foi durante o seu serviço militar em Angola que deu a conhecer o seu trabalho ao nível da fotografia, pintura, gravura e desenho gráfico. Participou em Luanda em várias exposições, colaborou com o Teatro Experimental, para o qual concebeu cenários e figurinos. Ilustrou, escreveu e editou livros para crianças.

AC e Dorindo CarvalhoNa foto, o Adido Cultural com o artista Dorindo Carvalho.

Em 1967  recebeu o 1.º Prémio no Concurso de Pintura organizado pelo Instituto do Café de Angola, em Luanda, obra destinada à sede em Londres da Organização Internacional do Café. Em 1963 já tinha arrecadado o 1.º e 2.º Prémio de Desenho na Exposição de Artes Plásticas da Sociedade Cultural de Angola.

As influências recebidas em Angola resultaram em inúmeras obras do seu espólio.

Na audiência, o artista ofereceu dois livros sobre a sua vida e obra. Em troca, recebeu do Adido Cultural, um livro de fotografia de Angola e outro sobre o Festival Fenacult 2014.

FacebookTwitterGoogle+